Logo Gemid


Grupo de Pesquisa do
Programa de Pós-Graduação em Comunicação (PPGC)
da UFPB. Congrega estudos de professores
e alunos do Mestrado em Comunicação e da Graduação:
Comunicação em Mídias Digitais - DEMID



PESQUISADORES:


 
 
Marcos  

Marcos Nicolau faz pesquisas sobre as mídias digitais no contexto da cibercultura, aplicando uma visão sistêmica que permita relação entre comunicação, semiótica, cognição para compreender processos e linguagens midiáticas em curso. Principais temáticas: web semântica cognitiva e comunicação neuromidiática, quadrinhos na web, linguagem das marcas e comunicação neurocientífica, mídias emergentes e criatividade.
Candida  
Cândida Nobre realiza pesquisas sobre cópia, compartilhamento e produção colaborativa de conteúdos no âmbito da cibercultura. Analisa como os processos das indústrias da cultura têm se reorganizado diante da autonomia do indivíduo frente à produção e consumo dos produtos mediados. Principais temáticas: pirataria, compartilhamento, construção colaborativa da cultura, remix, reconfiguração da figura do autor nos processos de comunicação mediada.

Priscila  
Ana Priscila Clemente faz pesquisas sobre as mídias digitais, verificando a existência de uma  cibercultura feminina através dos blogs. Realiza experiência entre as novas tecnologias e outros meios tradicionais; entre estas novas tecnologias, a realidade aumentada.  Principais temáticas: blogs femininos, publicidade online, aplicativos da web voltados para comunicação interpessoal.
Ricardo  
Ricardo Oliveira é pesquisador dos processos de convergência midiática e crítico de cinema. Cultura da participação, transmídia e redes sociais de Internet são seus tópicos de maior interesse. Estuda as transmissões participativas do Roda Viva, programa de entrevistas exibido semanalmente na TV Cultura.
Flávia  
Ana Flávia de Luna Camboim faz pesquisas sobre a construção da cultura do cibernativo na rede a partir da colaboração e participação autônomas desta geração, nascida na era da Internet, no ciberespaço, buscando indícios de uma cultura midiática que favoreça o desenvolvimento de uma relação equilibrada e saudável entre os meios digitais e estes cibernativos. Principais temáticas: Cibercultura, Cibernativos e Publicidade para crianças.
Anacirne  
Ana Cirne Paes de Barros pesquisa a comunicação mercadológica nas mídias digitais, buscando entender os novos fenômenos comunicacionais realizados pelas organizações e seus públicos na cibercultura. Principais temáticas: relacionamento mercadológico, comunicação mercadológica, redes sociais, interator, convergência, transmídia.
Zé Maria  
José Maria Mendes pesquisa sobre o cinema no conexto midiático atual de convergência de mídias e participação crescente do público. Tem como objeto de estudo particular o site de relacionamentos Moviemobz, a plataforma social que mobiliza pessoas para exibição de filmes em suas cidades. Também pesquisa mídias digitais e publicidade e propaganda.
Patrícia  
Patrícia Morais da Silva pesquisa a área de comunicação organizacional e mídias interativas com foco no relacionamento e na comunicação das redes sociais e na gestão do conhecimento. Temáticas: Comunicação Organizacional, Gestão do conhecimento, Redes sociais, Redes sociais internas e Relacionamento.
Mitchell  
Mitchell F. de Azevedo realiza pesquisa na área de comunicação organizacional, comunicação mercadológica, redes sociais, cibercultura, visando a compreensão dos fenômenos da comunicação entre as Organizações e seus Públicos. temáticas: Comunicação Organizacional, Comunicação Mercadológica, Redes sociais
Juliana  
Juliana Medeiros pesquisa a comunicação corporativa nas mídias digitais. Analisa como as organizações utilizam os mecanismos das redes sociais na realização da sua comunicação com seus stakeholders. Principais temáticas: comunicação organizacional, relacionamento, cibercultura e redes sociais.
Danielle  
Danielle Vieira pesquisa as mudanças nos processos de produção, divulgação e interação da publicidade na internet, buscando estudar as teorias suficientes para explicar e direcionar essas modificações. Para isso, analisa a adequação das teorias existentes e procura indícios da necessidade de novas teorizações. Principais temáticas: Publicidade na internet e Teorias aplicadas à publicidade no ciberespaço.
Andrea  
Andréa Poshar faz pesquisa sobre os processos de reconfiguração dos meios de comunicação, tendo o cartaz (poster) como objeto particular de estudo. Analisa o processo de reconfiguração deste meio junto às mídias digitais interativas e busca compreender sua integração à Cibercultura como nova mídia digital. Principais temáticas: reconfiguração midiática, cartazes, mídias digitais, interatividade, Cibercultura.
Rennam  
Rennam Virginio dos Santos participa do Projeto Para ler o digital, trabalhando na produção de ebooks e em pesquisas sobre o livro eletrônico; como pesquisador da iniciação científica faz estudo sobre os novos desafios das práticas jornalísticas na internet.
Marriet  
Marriett Albuquerque integra o Projeto Para ler o digital, participando da editoração de ebooks e epubs; desenvolve, juntamente com Rennam Virgínio e colegas do Curso de Comunciação em Mídias Digitais, propostas inovadoras para .
Filipe  
Filipe Almeida participa do Projeto Para Ler o Digital, realizando pesquisas sobre livros eletrônicos e seus diversos formatos. Principais temáticas: ePub, design gráfico, mídias digitais e redes sociais.
Dani Abreu  
Danielle Abreu integra o Projeto Para ler o digital, juntamente com os colegas do DEMID, editorando livros digitais nos formatos de ebook e epub. Sua formação anterior em Letras, contribui com uma visão literárias das obras, adequando-as ao formato digital.
Emanuella  
Emanuella Santos realiza pesquisa sobre a expansão da cultura Google no ambiente do ciberespaço frente ao contexto da cibercultura, analisando como sua hegemonia midiática enfraquece a essência da internet que tem como base a autonomia e uma maior democratização, limitando assim, o compartilhamento de informação e o desenvolvimento da inteligência coletiva. Principais temáticas: cultura Google, inteligência coletiva, cibercultura,compartilhamento, autonomia, democratização.
     


Retornar à Pesquisa Acadêmica
Retornar ao In Site